quarta-feira, 19 de maio de 2010

FIDELIDADE OU LEALDADE?????

Quando se fala em amor esquece-se da leadade, muito se valoriza a fidelidade, mas pense bem, ser fiél podemos ao cartão de crédito ou a uma marca de um produto, na lealdade a verdade se faz presente, até no momento em que se deve dizer ao companheiro que o amor chegou ao fim.
Na fidelidade pode haver a suspeita mas na lealdade não pois se corrompida perde seu valor, não é mais lealdade, há pessoas fiéis mas não leais. Existem aqueles que não traem seus parceiros por receio em perder as regalias ou por sentimento de culpa imposta pela religião mas exporam financeiramente e enganam, mentem e fingem no amor e no sexo. Na lealdade a verdade é presente sempre e é mais valiosa que a fidelidade, exclui-se a mentira, não poupa da verdade que o amor deixou de existir,antes de trair separa, pede licença ou se afasta, sendo assim poupa o parceiro da dor de uma traição e suas consequências como o sentimento que não pode ser mais amado por outra pessoa. O pacto da lealdade é superior ao de fidelidade, não é capaz de suprir a ausência de amor mas não adianta um pacto de fidelidade onde o amor não existe; deve-se respeitar os sentimentos do parceiro que se convive sempre e estimular entre si não somente um vínculo erótico mas lealdade, afeição, carinho e criatividade, nada mais faz terminar uma grande história de amor que a falta desses ingredientes e principalmente a falta de zelo para com o outro e a relação, sem isso cresce a desconfiança e os conflitos, o amor verdadeiro amor é bindado contra esses sentimentos intrusivos.
Deve-se ter muita paciência numa relação, há rotina que se torna maçante, questionamentos sobre a relação e se é o parceiro certo, sempre paciência e criatividade nesses momentos. O amor verdadeiro é uma história dinâmica que se escreve constantemente; o amor pode renascer com a saudade de uma pessoa, de seu rosto, de sua voz, de seu corpo e de sua alma, é um eterno retorno, não se resume na saudade apenas de um corpo ou do prazer sexual mas da harmonia existente entre a atração física e a sutil beleza da alma, do caráter do outro, que se revelam (por vezes não, também) aos poucos na observação das atitudes e do gestual do ser amado, a lealdade é um fator importante seja na preservação do amor ou na separação.
Há casais que vivem muito bem na fidelidade mas com deslealdade, não traem mas vivem escondendo que não se amam mais.
Reflita, creio que antes de amar alguém, ame esse alguém que está dentro de si, provendo de atenção e zelo, daí sim aventure-se no amor verdadeiro, sempre priorizando Você mas zelando pelo outro e pelo relacionamento em si.
                                                             Bjs...Marcia...

2 comentários:

  1. um delicia de texto marcia,bom começo de semana pra vc!marcinha.

    ResponderExcluir
  2. sim, extremamente interessante o texto. Penso que é muito mais difícil ser leal do que ser fiel.

    ResponderExcluir

Um Blog se alimenta de comentários...então não vá embora sem comentar...bjs...Marcia...

Related Posts with Thumbnails