sexta-feira, 30 de abril de 2010

FELICIDADE TODOS OS DIAS...

Penso que nós, fomos criados dentro de uma tradição bíblica do "comerás o pão com o suor do teu rosto", "parirás teus filhos com dor", e talvez tenhamos sido educados para pensar que não temos o direito de ser felizes. Quando a gente é criança, e está feliz, alegre e pinotando pelo meio da casa todos brigam conosco, mandam ficarmos quietos, dizem que somos traquinas e levados. Mas se estamos doentes, acamados, com febre, nos tratam bem, dão carinho, dão comidinhas especiais... Aí aprendemos desde a infância que se estivermos mal, sofrendo e reclamando, ou seja, infelizes, vamos conseguir mais carinho e afeto do que se estivermos felizes...
Por outro lado, colocamos a felicidade sempre em "coisas", em "realizações". Vou ser feliz quando passar no vestibular, quando me formar, quando comprar meu carro, quando encontrar o amor da minha vida, quando nascer meu primeiro filho, quando meu filho passar no vestibular... E por aí vai. Colocamos a felicidade sempre em algo externo a nós e que, muitas vezes, não depende da nosa vontade. Aí, nos frustramos e ficamos infelizes quando as coisas não acontecem do jeito que a gente queria...
Para mim, felicidade tem a ver com a disposição de curtir a vida, com tudo o que ela tem de bom e de ruim. Tem a ver com o prazer de estar vivo, de desfrutar do mundo, das pessoas, da Natureza, da Arte, da beleza, da Poesia. E também com a capacidade de trabalhar de produzir, de contribuir com a nossa parte para que o Universo fique mais harmonioso e belo.
Somos felizes quando conseguimos descobrir o que nós estressa e estabelecermos mecanismos para minimizar o estresse; ser tolerante, aceitando o outro não naquilo em que ele é igual ou parecido com a gente mas sobretudo no que ele tem de diferente; ter um trabalho criativo, que nos dê prazer; desenvolver a auto-estima, se amar, gostar de si mesmo - e isso inclui cuidados com o corpo, como alimentação exercício, sono... e finalmente amar, amar incondicionalmente, deixar de fazer do amor uma moeda de de troca e gostar de verdade de gente, homens, mulheres, filhos, companheiros, alunos, colegas...
Acordo todo dia com a firme disposição de ser feliz naquele dia. Há dez anos atrás era muito difícil, porque ao longo do dia aconteciam coisas que me desviavam dessa meta. Com a prática, e o exercício diário, hoje já estou bem mais habilidosa na tarefa de ser feliz. Penso que daqui a uns dez anos vou estar mais competente ainda. É tudo uma questão de prática, de treino, de desenvolver essa habilidade...
                                                    Bjs...Marcia Budni...


Um comentário:

  1. Afilhadinha linda tá ficando sua carinha aqui viu? Lindo demais, adorando participar do nascimento desse cantinho aqui.
    Bom fim de semana linda, beijos.

    ResponderExcluir

Um Blog se alimenta de comentários...então não vá embora sem comentar...bjs...Marcia...

Related Posts with Thumbnails